Entre Família: pequenos gestos que melhoram a relação entre mães e filhos na quarentena

A- Diminuir A+ Aumentar A Tamanho Original

Que todo mundo esta com os sentimentos a flor da pele não é novidade para ninguém, não é mesmo? Nós, os adultos estamos sempre tentando equilibrar todos os pratinhos e, muitas vezes não conseguimos enxergar o que nossas crianças estão passando.

Ansiedade, mudança de comportamento, exaustão por estarem dentro de casa há tanto tempo acaba interferindo e muito no relacionamento.

Aqui em casa mesmo, eu e meu marido percebemos que nossos filhos estavam a ponto de surtarem e, com pequenos gestos e mudanças, nosso relacionamento mudou para melhor na quarentena.

1 – O poder da escuta

Que eles não ficam em silêncio a gente sabe, mas será que ouvimos mesmo o que eles nos falam? Foi pensando nisso que nós começamos a sair do automático, olhar nos olhos e ouvir o que nos tinham para falar.

Sem ser aquele “ouvir” enquanto respondo uma mensagem do whatsapp. Acreditem, foi transformador.

2 – Momentos juntos individuais

Quando se tem mais de 1 filho fica mais difícil conseguir momentos onde eles se sintam únicos, não é mesmo?

Aqui em casa, por mais que eles se deem bem, acontece crises de ciúmes e, com tantos dias de convivência o ciúmes parece que cresceu.

Para amenizar, a gente começou a ter momentos mãe e filhos com cada um deles. Não é preciso muito tempo, mas pelo menos uns 30 minutos onde eles se sentem especiais.

3 – Enalteça mais e julgue menos

Muitas vezes a gente só fica apontando o negativo das crianças, né? O dia já começa com: que bagunça, arruma isso, arruma aquilo, vai pra aula, escove os dentes, coma tudo.

Sim, sei que é fundamental ensiná-los, mas será que não dá pra gente mudar a forma como fazemos?

Ao invés de falar “que bagunça no quarto”, passamos a enaltecer que haviam brincado e se divertido, com acolhimento e não julgamento terminamos dizendo que precisam arrumar o quarto. Todos eles ficaram mais prestativos e felizes por aqui.

4 – Abrace e beije mais

Quantas vezes entramos no automático, né? Como não saímos de casa o “oi” e “tchau” parece não existir mais e, consequentemente os beijinhos de oi e tchau se foram.

Mas quem disse que não podemos abraçar e beijar nossos filhos no meio do dia, sem motivo algum? Eles adoram e se sentem mais amados.

5 – Desconecte para se conectar

Em tempos de tanta internet e rede social é importante também se desconectar do mundo virtual e se conectar com a família. Então, aproveite as dicas acima e faça isso também!

Aqui em casa estas 5 mudanças resultaram em algo tão, mas tão positivo em nosso relacionamento o que todos agradecem, principalmente os pequenos.

fale com a ajinomoto